13/04/10

Pecado



Ela, que veio do mar
Deusa radiante da beleza feminina
Baila despida, oculta aos nossos olhos
Estrela luminosa da manhã

Amante do encanto virginal
Semeia seu feitiço na areia orvalhada
Vénus eterna da beleza
Sensualidade feminina revelada na Mulher!

Entre o céu e a terra, ele veio
Fruto proibido de um passado distante
Maçã brilhante de um pecado apetecido
Sumo de romãs servido em taças finas

Irrompeu impetuoso procurando por ela
Sorvendo seu mel sem blasfémia
Corpos ensopados de suor
Dominados pelo amor escaldante

E Se amar é pecado
Eles, serão eternos pecadores
Que devem ser perdoados
Por se banharem de amores




Maria Escritos
© Todos os direitos reservados

Sem comentários:

Enviar um comentário