07/10/09

Laços



Por vezes
É na dor que nos trespassa
E nos retalha em mil pedaços,
Que nos juntamos com o Amor.
Quando surgem novas cores
Adornando o teu sofrer,
E quando percebes
Que as tuas lágrimas
São perfumadas
E não caem mais sozinhas,
Saibas então
Que alguém te ampara
No seu Amor.

Quando sentires
O perfume adocicado
Ofertado por mão alheia
Que alisa a dor de mansinho
E te dá um novo horizonte
Num arco-íris de mil cores
Quando nos teus dias
Houver apenas sorrisos
Saibas então
Que estás perante
Aroma da Amizade
Que é esposa do Amor

Maria Escritos


Foto de Nuno Freire (TODOS OS DIREITOS RESERVADOS)
http://olhares.aeiou.pt/hands_on_approach_foto711447.html

Sem comentários:

Enviar um comentário