24/10/09

Anima mea




Eu sou a Senhora de todas as marés
Sou o Sol que te toca
Sou a chuva que te fustiga
Sou a brisa que roça de leve na tua face
Sou o vento que atiça as marés
Sou o espectro que te faz sorrir e que te faz chorar
Sou quem te faz sentir e quem te faz Amar
Sou o reflexo do que não vês mas que sempre existiu dentro de ti
Sou quem permanece quando tudo se vai

Eu sou a essência da vida que move a tua matéria
Sou aquela que não conhece o tempo mas que se move em todos os tempos
Eu sou
Simplesmente Anima



Maria Escritos

1 comentário: