14/09/09

Este meu luzir


Não é por me doer
Que me torno infeliz
Carrego nos meus sonhos
Tudo aquilo que sempre quis

Não choro pela dor
Do teu coração não me achar
È somente por este sentir
De não ter a quem me dar

Abraço este sonho
De amor imaginado
Em pensamento uno-me a ti
E só a ti, meu amado

Longe de ti ficarei
Adoçando este sentir
Guardando-o no coração
Para os dias que hão-de vir

E não te entristeças
Se a minha boca não sorrir
Podes ter a certeza
Que algures, por ti , estou a luzir



Maria Escritos

Sem comentários:

Enviar um comentário