05/08/09

Primeiro beijo


Nesse dia trocamos o “nosso” primeiro beijo. Doce, suave, terno, meigo, fugaz, tímido… Incrível como um só beijo consegue traduzir isso tudo, mas foi o que senti. Tocaste-me com a tua ternura e levaste-me ao mundo onde o sol brilha sempre. Nesse mundo não há noites, só existem dias cheios de luz, com um brilho tão intenso que enchem o meu coração com todas as cores. Foi aí que tive a certeza que te hei-de amar para sempre.

-“Estou nas nuvens!”, disseste tu mais tarde, e eu agarrada ás tuas asas estava ao teu lado. Seguraste as minhas mãos e abriste-me as portas do teu coração. Sentia-me imensamente feliz, ao ponto de pensar que ia explodir, tamanha era a minha felicidade. Mas era apenas amor, o meu amor por ti a aumentar. Um amor tão grande que julguei não caber em mim.
De um dia para outro passei a ver o mundo de uma maneira diferente, como se toda a beleza do mundo se materializasse no meu peito e fluísse entre nós.
Com passos largos caminhava sobre as nuvens...indo ao encontro de ti, meu Anjo.

Maria Escritos - 2005

Sem comentários:

Enviar um comentário