16/08/09

Para o meu amor


Amor,

Hoje estou tão feliz, que tinha pensado escrever tudo o que sinto de forma a partilhar contigo a Luz que me sustenta a Alma. Estou incrivelmente bem disposta pelo cansaço de uma noite mal dormida mas bem conversada contigo.
Hoje sou o mais leve dos seres pois trilho um caminho feito de nuvens, e á minha volta dançam as estrelas e brilham todas as cores do arco-íris. Contam-me segredos os seres de sonhos, e distraem-me da minha rotina as tuas carícias sussurradas ao coração. Até as fadas acompanham o meu percurso nesta minha jornada.
Queria explicar-te que és a única flor do meu jardim, pois só o teu perfume me engrandece. Não consigo traduzir o meu sorriso provocado pelas tuas juras de amor, nem sei que nome dar as cores do meu arco-íris

Eu queria que sentisses comigo o poder e a força do sentimento grandioso e magnifico que me fazes nutrir por ti.
Um facto curioso é que tanto tenho escrito, foram tantas as palavras que atirei já ao papel, e hoje dou-me conta que perante a tua beleza e bondade sinto-me pequenina e fico muda.
Soprem os anjos aos teus ouvidos o quanto te amo.


Para o meu Amor.

Sem comentários:

Enviar um comentário