02/08/09

Alma


Coração que chora
Alma que dói
Pensamento tolhido
Dor que destrói

Olhar suspenso
Vazio constante
Essência perdida
Num só instante

Eco surdo
Palavras soltas
Lágrimas escorrem
Ideias ocas

Choro sufocado
Coração ferido
Saudade cravada
Rumo perdido

Mundo de sombras
Escuro infinito
Dor lancinante
Desespero num grito

Triste pesar
Longo lamento
Agonia profunda
Mente em tormento

Estrada sem fim
Destino incerto
Fardo pesado
Mundo deserto

2 comentários:

  1. MARIA...

    gosto desse sentir simples que repassa na sua alma,desse Amor em busca, desse sentir desmedido, destas desalmadas palavras..caminhe...obgdo pela valentia ...bj d'alma
    kris

    ResponderEliminar