28/07/09

Reflexo de mim



Vi no teu olhar, um aconchego apaziguador qual cascata jorrando água suavemente sobre as pedras de um lago. Quis o sol irradiar-te de alegria quando me olhaste, e eu a ti. Eram notas musicais de uma melodia divina, sopradas com meiguice ao meu ouvido. Foram vagas de ternura suspensas nos gestos e nas palavras mudas. Voei. Elevei-me bem alto para saciar a minha sede. Embarquei nas ilusões colada ás asas de um instante perdido no tempo. Ri, chorei, saltei, exultei de felicidade…vivi. E agora tudo é passado. Eu, transformada em água que teima em chispar dos meus olhos, procuro avidamente um reflexo desse instante, algures dentro de mim. Sei, que apenas vi em ti, uma chispa de tudo que há em mim.


Maria Escritos

Sem comentários:

Enviar um comentário