17/08/11

Espero



Do tempo já me esqueci.
Remanesço irrequieta,
Ansiosa, desejosa…
Nesta quietude serena
Onde nostalgias e segredos
Dançam em peito meu
Enquanto aguardo,
Aqui sentada,
Os raios formosos,
Aprazíveis e deleitosos
Que anunciam
A tua chegada!


@Maria Escritos-2011

3 comentários:

  1. Mais um belo trabalho... foto e poema... gostei amiguita. Bjs

    ResponderEliminar
  2. Está excelente o poema. Adorei meu doce. Beijos doces

    ResponderEliminar
  3. Adoro esta foto, e o poema também está muito intenso

    ResponderEliminar