07/07/10

Latejar


Picasso blue nude

Lateja de calor o corpo
Lançado no ventre desta terra gelada
Abrasam as palavras soltas dos versos
Que explodem e se colam à pele transpirada.

E quantos versos se construíram
Amanhados com fios de suor
Quantas aragens se produziram
Agora estampadas na nudez de amor.

©Paula Moreira/ Maria Escritos

Sem comentários:

Enviar um comentário